Dois Anos de Salvação

0
656
Editorial especial para Bienal, fotografado por Manoel Soares

Após um período de grandes aventuras, está sendo celebrada toda evolução do Salve Rainha Café Sobrenatural. O coletivo, que cultiva em especial o amor pela diversidade em busca da valorização do patrimônio histórico de Teresina, deu início, no último domingo (04), a sua 1ª Bienal.

Para comemorar a data, que também é uma forma de celebração à Júnior Araújo, Bruno Araújo e à Jader Damasceno, foi dada reverência à Rainha das Águas, protetora e guia do Salve desde o seu nascimento.

“Iemanjá, Rainha das Águas, acolhe a todos sem julgar nem minimizar a dor de ninguém. Deusa da compaixão, do perdão e do amor incondicional, nos acolheu e mostrou a beleza do azul e branco, das flores, da correnteza e do tambor. Mãe, cujos filhos são peixe, abre nossos caminhos e nos ensina a enfrentar esse mundo de mãos dadas, cabeça erguida e força na alma”, comenta a Publicitária e Designer de Interiores, Renata Reis, atual diretora do Salve.

Foto: Manoel Soares
Foto: Manoel Soares

A Bienal, que acontece na Temporada de Primavera, é um trabalho de dois anos que será dado para comunidade, com a mensagem de que o Salve continua. “Continuaremos: fortes, desbravadores de uma luta constante, da saudade no peito e do amor em cada gesto e magia que acontece, acrescenta Renata Reis.

Além do domingo (04), nos dias 11, 18 e 25, serão saudadas outras rainhas, com exposição do acervo e produções audiovisuais, além da distribuição do relatório da curadoria. Durante toda semana, a Bienal terá oficinas gratuitas, que é uma novidade desta temporada. E aos domingos acontecerá apresentações no palco com bandas que já participaram e algumas atrações inéditas. Na galeria, os artistas vão expor trabalhos que já passaram pelo coletivo e também trabalhos novos. Na feira, vários empreendedores vão estimular a economia solidária e criativa e serão vendidos os produtos do Café.

Resistindo, insistindo e existindo

Editorial especial para Bienal, fotografado por Manoel Soares
Foto: Manoel Soares

Nos últimos dois anos, as expressões resistir, insistir e existir passaram a fazer parte da realização de um sonho antigo de Francisco das Chagas Júnior Araújo (Júnior Araújo). O que antes era uma intenção pessoal foi contagiando outras pessoas que acreditavam no potencial artístico cultural de Teresina.

Entre ruas, praças, câmaras e debaixo de pontes, o Salve Rainha Café Sobrenatural, encabeçado pelo admirável Júnior Araújo veio colorindo Teresina inteira. Hoje, o Café Sobrenatural é como se fosse um experimento, pois sempre foi o desejo de Júnior Araújo. O movimento envolve múltiplas esferas da arte, passando pela moda, literatura, artes plásticas e do corpo, música, antiguidades e chegando à gastronomia. Tudo o que for coletivo e plural, ganha espaço no Salve Rainha.

Confira mais fotos do editorial feito por Manoel Soares.

Sem comentários

LEAVE A REPLY