Mulheres dão brilho e sensibilidade à Orquestra de Teresina

0
117
Vânia Sales é uma das integrantes da Orquestra. Foto: Rômulo Piauilino

A Orquestra Sinfônica de Teresina (OST) é um dos principais grupos musicais da cidade e está presente em diversos eventos culturais de Teresina. Regida pelo maestro Aurélio Melo, a Orquestra conta hoje com 70 músicos, entre eles, cinco mulheres, que com seus conhecimentos, dão seu tom e brilho ao grupo.

Uma delas é a estudante Miranisia Aparecida, que há 15 anos teve seu primeiro contato com a música e se apaixonou. A experiência foi vivida no projeto Banda Escola, desenvolvido pela Prefeitura de Teresina. Hoje, ela coloca em prática tudo o que aprendeu durante as apresentações na Orquestra Sinfônica.

Miranisia também estuda música na Universidade Federal do Piauí (UFPI) para se qualificar
ainda mais e seguir firme na carreira. “Espero continuar na Orquestra e me tornar professora de música porque acredito que é possível viver dessa profissão”, diz.

Outra mulher que compõe a OST é Vânia Sales, violinista e professora de arte. Ela se diz tão feliz com a música que levou os acordes também para a vida de 800 crianças da Escola Dona Gal, criada por ela e que conta com o trabalho voluntário de muitos professores. Os pequenos recebem formação musical em instrumentos de orquestra: violino, contrabaixo, violão, entre outros, além daqueles mais populares, como sanfona, percussão, zabumba e bateria. “É um projeto social que veio para mudar a vida de muita gente”, afirma confiante, acrescentando que a escola também tem musicalização infantil e canto coral.

Miranisia dá brilho à Orquestra Sinfônica. Foto: Rômulo Piauilino
Miranisia dá brilho à Orquestra Sinfônica. Foto: Rômulo Piauilino

Há 20 anos na Orquestra, Márcia Soares de Sousa Fernandez é outra mulher integrante da
OST. Começou cantando na igreja e é formada em música pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). “Minha mãe chegou a pensar que escolhi a música porque era um curso ‘ fácil’. Só depois ela percebeu que era um dom”, lembra. “Sou felicíssima com a profissão que escolhi”.

Projeto da Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor
Chaves (FMCMC), a Orquestra Sinfônica surgiu em 1993 como Orquestra de Câmara. Em seus primeiros anos de existência, se destacou no cenário musical local e com o passar do tempo alcançou tamanha envergadura que é uma das principais orquestras do Nordeste.

*Com informações do Portal da Prefeitura

Sem comentários

LEAVE A REPLY