Vai um dindin aí?

0
9282
Fotos: Arquivo pessoal

Pare um instante e comece a imaginar. Teresina/Piauí – 13h – a espera de um ônibus na avenida Frei Serafim (do lado do sol). Neste momento deve estar passando em sua cabeça aquela cena de total sofrimento. Daquelas em que a pessoa está derretendo e implorando por algo que melhorasse a situação. Poderia ser uma carona passando por ali (oba!), poderia ser a implantação de um ponto de ônibus com ar condicionado (sonha, Alice!) ou poderia ser, simplesmente, um dindin. Sim! Um dindin delícia poderia amenizar/refrescar essa triste situação.

dincole (5)O dindin, de forma bem simples, é um suco vendido em saco plástico. Mas engana-se quem pensa que ele se limita a essa denominação. Hoje, a criatividade e o espírito empreendedor tomaram conta de muitas cabeças e aumentaram as possibilidades de reinventar essa delícia gelada.

Você que está lendo essa matéria já deve ter ouvido falar na Dincolé. A marca é referência na venda de dindin gourmet. Na verdade, o produto é uma releitura dos tradicionais dindins. A empreendedora Hociomara Lis Lima Costa, de 34 anos, é teresinense e resolveu transformar uma sobremesa para amigos em uma oportunidade de negócio. O que deu certo.

“A Dincolé surgiu de forma espontânea, quando resolvi fazer para sobremesa de fim de semana uns dindins diferentes, foi então que os amigos provaram e perguntaram por que eu não transformava em negócio. Algum tempo depois fiz uma viagem para Recife e me deparei com uma bike de brownie. Foi aí que pensei em vender dindin gourmet numa food bike”, conta a empresária.

dincole (2)A Dincolé tem mais de 23 sabores nada convencionais para um dindin. O sabor mais vendido é o de delícia de abacaxi e o mais exótico é o de biscoito com ganache. A empresa trabalha em eventos particulares, vendas diretas na casa de Hociomara Costa e ainda tem o serviço de entrega em domicílio na zona Leste de Teresina, com pedidos a partir de 30 unidades.

Dincolés nas festas!

Com o passar do tempo e com muito trabalho, a expansão da marca foi inevitável. Os dincolés, que antes seriam vendidos apenas em locais fixos, passaram a ser levados para eventos particulares, em especial festas de aniversário. Nestes pontos, a “bikolé” (bicicleta padronizada da marca) faz sucesso e distribui dincolés para os convidados.

dincole (4)“Os eventos tomaram frente e que era prioridade ficou para segundo plano”, destaca a empresária ao ressaltar que a empresa vende, em média, de 1.500 a 2.000 unidades por mês. “Acredito que o motivo para o grande sucesso do Dincolé é a qualidade, pois só trabalhamos com produtos de primeira linha, esse é o nosso grande diferencial”, acrescenta.

Atualmente, três pessoas trabalham na confecção dos produtos, duas promotoras ficam nos eventos e ainda há muito a crescer. “Temos muitos projetos para expandir a marca. Um deles é colocar pontos de vendas espalhados pela cidade”, conclui Hociomara Costa.

dincole (3)

Sabores

Cremosos

Coco, delícia de abacaxi, chocolate, mousse de maracujá, kit kat, ninho, oreo, biscoito com ganache, paçoquinha, doce de leite, ovomaltine, cappuccino, romeu e julieta e danoninho.

Alcoólicos

Cristal pink, deixa beijar, doce oceano, nunca fui santa, borogodó, puro glamour, atrevida

Fit

Detox, Abacaxi com gengibre, morango com laranja

Sem comentários

LEAVE A REPLY